Sobre Mim

 291 visualizações,  1 hoje

“Sou um contador de histórias.
A escrita é apenas uma das maneira de representar o que imagino e o que sinto.”

Eu demorei muito para encontrar minha voz. Não falo da voz de escritor, mas da voz da vida.

O curioso, que ela sempre esteve lá, dando seus sinais. Eu a ouvia, mas não entendia o que ela estava querendo me dizer.

Aos dezoitos anos, em um dia normal de meus estudos, arrisquei minhas primeiras frases e meu primeiro conto. Ainda verde, pois não lia muito, saiu alguma coisa de minha cabeça.

Entretanto, o mundo seguia em frente eu não tinha tempo para isso. Meus estudos, e o que eu vinha a chamar de profissão, ocupavam todo meu tempo.

E nas noites de pouco sono, as ideias vinham. As histórias se criavam. Naquele momento, eu não era um escritor, mas era um contador de histórias.

A vida passou, seguindo mesmo padrão. Só nos últimos anos resolvi encarar essa voz e fazer algo por ela. Inverti os papéis. Comecei a chamar a Escrita de profissão, e o que eu fazia, de fonte de renda.

Hoje, em cada linha que deposito no papel, sinto-me completo. A jornada ainda é grande, mas o caminho já está sendo trilhado. E daqui sigo, não só guardando mais essas histórias para mim mesmo, mas sim, compartilhando com o mundo.